5 maiores camisas 7 do Botafogo

Montillo chegou trazendo uma enorme expectativa, e como ele vai vestir a camisa sete, preparamos esse Top 5 rápido, para relembrar os cinco ídolos botafoguenses que mais se notabilizaram vestindo este manto místico. Vamos lá:





OS 5 MAIORES CAMISAS 7 DA HISTÓRIA DO BOTAFOGO

PARAGUAIO: a numeração de jogadores foi iniciada em 1948, e Egídio Landolfi, o "Paraguaio" foi quem teve a honra de iniciar essa trajetória, sendo um dos heróis do título carioca de 1948.

MAURÍCIO: fez o heroico e inesquecível gol do título carioca de 1989, 1 a 0 na decisão contra o Flamengo, quebrando um jejum de 21 anos de títulos para lavar a alma do torcedor alvinegro.

TÚLIO: a maior Maravilha de General Severiano fez 159 gols em toda sua trajetória pelo Fogão e acabou com a alegria do Santos em 1995, fazendo o gol da conquista do segundo título brasileiro do Botafogo.

JAIRZINHO: fez 186 gols pelo Botafogo, brilhava com jogadas magistrais, foi campeão brasileiro de 1968, era o justamente o camisa sete da Seleção tricampeão mundial, quando foi artilheiro da Copa. A medalha de prata vai pra Jairzinho, mas sem dúvidas é um mito que vale ouro.

GARRINCHA: o Mané é o maior goleador com a camisa sete que o Fogão já teve: 243 gols. Ao lado de Didi e Nilton Santos, conseguiu elevar o nome do Botafogo a um patamar de nível mundial, equiparado a clubes como o Real Madrid na época. Foi carrasco do Flamengo, campeão carioca de 1957, 1961 e 1962, campeão do Torneio Rio-São Paulo 1962 e 1964 (superando o Santos de Pelé), nada mais nada menos que o maior camisa sete da história da Seleção Brasileira, campeão mundial de 1958 e herói do título de 1962.

Próxima »
« « Anterior
« Anterior
Próxima » »