Baita parabéns! 25 anos do 1º título brasileiro do Corinthians de Neto

Assim, como foi a Libertadores, o Corinthians demorou de erguer o primeiro Brasileirão, mas depois que veio o título, a equipe pegou o embalo mostrando o porquê do apelido de Timão e exatamente hoje, já hexacampeão nacional, comemora os 25 anos de sua primeira conquista, que se deve bastante ao "Talismã" Tupãzinho e ao "Craque" Neto, "diga-se de passagem"...




Ao ver a lista de resultados do Corinthians naquela temporada, ou até os vídeos das finais, os mais céticos e secadores poderiam dizer até "é inacreditável" ou "só um mata-mata mesmo" para ver o alvinegro campeão daquele ano. Contudo, aquele torcedor mais fiel que torceu, sofreu, e testemunhou as belas defesas de Ronaldo na decisão e o derradeiro gol de Tupãzinho, cravará que estava escrito que era para ser assim, por que "isso é Corinthians".




A arrancada para o titulo só veio mesmo na fase final. No primeiro turno da 1a. Fase, o Timão foi 2° no seu grupo, mas depois de começar o campeonato com três rodadas sem vitórias e sem gols. Já durante o returno, a coisa desandou feio, com o penúltimo lugar do Grupo A, uma derrota de 3 a 0 para o Inter-RS na última rodada da 1a. Fase e a classificação na bacia das almas. O Goiás ficou por uma vitória da vaga (na época, vitória valia 2 pts), perdendo para a Lusa na última rodada do 2° Turno.




Então na segunda fase, brilhou a estrela de um BAITA meio-campista... "Cê tá de brincadeira" que você não sabe quem eu tô falando?! O menino de Santo Antônio de Posse (ou Erechim) foi decisivo a cada triunfo nos jogos de ida até a final, com muita determinação, a cada gol. Contra o Galo, nas ida das quartas de final, o Corinthians saiu perdendo, mas Neto só não fez chover, balançando a rede por duas vezes na vitória de 2 a 1, uma de cabeça e outra dentro da área, como se fosse um centroavante. O heroísmo se repetia na semifinal, quando Neto garantiria a virada sobre o Bahia, com um golaço de falta aos 18' do segundo tempo, para selar novamente em 2 a 1.




Veio a decisão, e a primeira estrela da Série A começou a se desenhar na camisa do Timão já no primeiro jogo, contra o São Paulo. Após uma falta boba de Raí pela meia-esquerda, com pouco mais de 3 minutos jogados no primeiro tempo, Neto ajeitou na entrada da área e bateu uma bola com curva, que quicou ao cair para desviar em Wilson Mano, perto da meta, para o fundo do gol. A vitória de 1 a 0 deixava o Corinthians a um empate da taça, na volta com mando de campo alvinegro e cerca de 80 mil torcedores a seu favor. Não teve gol ou assistência de Neto, mas em compensação, Tupãzinho veio em disparada aos 8 minutos do 2° Tempo, para tabelar com Fabinho que chutou para defesa de Zetti e o rebote nos pés de Tupã, e o Corinthians entrava assim para a galeria dos campeões, como vocês podem rever a seguir:




TIME-BASE (4-3-3):
Ronaldo; Giba, Guinei, Marcelo Djian e Gérson (Jacenir); Márcio Bittencourt (Ezequiel), Wilson Mano e Neto; Fabinho (Dinei), Tupãzinho e Paulo Sérgio (Mauro). Técnico: Nelsinho Baptista.

FOTO DO TÍTULO:



Giba, Jacenir, Marrcelo, Guinei, Márcio e Ronaldo. Fabinho, Wilson Mano, Tupãzinho, Neto e Mauro.

VÍDEOS DO TÍTULO


Gol de Tupãzinho com narração de Osmar Santos


Compacto do 2º Jogo


VT Completo do 2º Jogo


Compacto do 1º Jogo


Neto contra o Atlético-MG

FICHA TÉCNICA DE CORINTHIANS 1 × 0 SÃO PAULO:
Data: 16 de dezembro de 1990
Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Público e Renda: 100.858 pessoas, Cr$ 106.347.700,00.
Árbitro: Edmundo Lima Filho
Gol: Tupãzinho aos 8' do 2T.
CORINTHIANS: Ronaldo; Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Márcio, Wílson Mano e Tupãzinho; Neto (Ezequiel), Fabinho e Mauro (Paulo Sérgio). Técnico: Nelsinho.
SÃO PAULO: Zetti, Cafu, Antônio Carlos, Ivan e Leonardo; Flávio, Bernardo e Raí (Marcelo); Mário Tilico (Zé Teodoro), Eliel e Elivélton. Técnico: Telê Santana.

ARTILHEIROS DO CORINTHIANS:
Neto (9 gols); Tupãzinho (3 gols); Dinei (2 gols) e Paulo Sérgio (2 gols); Antônio Carlos (1 gol), Fabinho (1 gol), Giba (1 gol), Mauro (1 gol) e Wilson Mano (1 gol).

CAMPANHA JOGO A JOGO:
32 pontos ganhos;
25 jogos (19 em pontos corridos e 6 em mata-mata);
12 vitórias (8 em casa e 4 fora) e 8 empates;
23 gols pró e 20 gols contra;
64% de aproveitamento.

FASE FINAL:
V CORINTHIANS 1 x 0 São Paulo, Morumbi, Final 2° jogo (Tupãzinho)
V São Paulo 0 x 1 CORINTHIANS, Morumbi, Final 1° jogo (Wilson Mano)
E Bahia 0 x 0 CORINTHIANS, Fonte Nova, Semifinal 2° jogo
V CORINTHIANS 2 x 1 Bahia, Pacaembu, Semifinal 1° jogo (Paulo Rodrigues/contra e Neto)
E Atlético-MG 0 x 0 CORINTHIANS, Mineirão, Quartas de Final 2° jogo
V CORINTHIANS 2 x 1 Atlético-MG, Pacaembu, Quartas de Final 1° jogo (Neto 2x)

PRIMEIRA FASE - RETURNO:
D Corinthians 0 x 3 CORINTHIANS, Pacaembu, 9a. Rod 2° Turno, Grupo A
V Atlético-MG 1 x 3 CORINTHIANS, Mineirão, 8a. Rod 2° Turno, Grupo A (Giba, Neto e Mauro)
D Goiás 3 x 1 CORINTHIANS, Serra Dourada, 7a. Rod 2° Turno, Grupo A (Dinei)
V CORINTHIANS 1 x 0 Santos, Pacaembu, 6a. Rod 2° Turno, Grupo A (Dinei)
E CORINTHIANS 0 x 0 Vasco, Morumbi, 5a. Rod 2° Turno, Grupo A
D Botafogo 1 x 0 CORINTHIANS, Caio Martins, 4a. Rod 2° Turno, Grupo A
E CORINTHIANS 0 x 0 Portuguesa, Pacaembu, 3a. Rod 2° Turno, Grupo A
E CORINTHIANS 0 x 0 Bahia, Pacaembu, 2a. Rod 2° Turno, Grupo A
E Bragantino 2 x 2 CORINTHIANS, Marcelo Stéfani, 1a. Rod 2° Turno, Grupo A (Neto e Fabinho)

PRIMEIRA FASE - 1º TURNO:
V CORINTHIANS 1 x 0 Náutico, Pacaembu, 10a. Rod 1° Turno, Grupo A (Neto)
V Flamengo 1 x 2 CORINTHIANS, Maracanã, 9a. Rod 1° Turno, Grupo A (Paulo Sérgio e Tupãzinho)
V CORINTHIANS 1 x 0 Inter de Limeira, Pacaembu, 8a. Rod 1° Turno, Grupo A (Paulo Sérgio)
E São Paulo 1 x 1 CORINTHIANS, Morumbi, 7a. Rod 1° Turno, Grupo A (Neto)
V CORINTHIANS 1 x 0 Fluminense, Pacaembu, 6a. Rod 1° Turno, Grupo A (Antônio Carlos)
V São José-SP 1 x 2 CORINTHIANS, Martins Pereira, 5a. Rod 1° Turno, Grupo A (Tupãzinho e Neto)
V CORINTHIANS 2 x 1 Palmeiras, Morumbi, 4a. Rod 1° Turno, Grupo A (Neto e Marques/contra)
E Vitória 0 x 0 CORINTHIANS, Fonte Nova, 3a. Rod 1° Turno, Grupo A
D CORINTHIANS 0 x 1 Cruzeiro, Pacaembu, 2a. Rod 1° Turno, Grupo A
D Grêmio 3 x 0 CORINTHIANS, Olímpico, 1a. Rod 1° Turno, Grupo A
Próxima »
« « Anterior
« Anterior
Próxima » »